Google+ Badge

domingo, 11 de setembro de 2016

TODOS OS SERES HUMANOS TEM O OLHO DE HÓRUS



O Olho de Hórus é uma representação artística de um órgão supostamente atrofiado que existe no cérebro de todos os seres humanos e que foi desenhado nas paredes no interior das pirâmides e dos templos do Egito Antigo.    





No cérebro, aproximadamente na posição indicada pelo diagrama 17, existem dois pequenos órgãos chamados: corpo pituitário e glândula pineal. A ciência médica não sabe quase nada a seu respeito assim como tão pouco de outras glândulas do corpo. A Ciência chama a glândula pineal de “terceiro olho atrofiado” porem sem embargo, nenhuma nem outra estão se atrofiando. Isto é um manancial de perplexidades para os cientistas, pois a natureza não conserva nada inútil. Em todo o corpo encontramos órgãos que estão se desenvolvendo ou atrofiando-se, sendo estes assim como pedras milenares no caminho que o homem vem seguindo até chegar em seu estado atual de desenvolvimento, indicando aquelas os futuros aperfeiçoamentos e desenvolvimentos. O corpo pituitário e a glândula pineal pertencem a outra classe de órgãos, que atualmente não se degeneram nem se desenvolvem, mas que estão adormecidos. Num passado remoto, quando o homem estava em contato com os mundos “internos” , esses órgãos eram o meio de ingresso neles e tornarão a servir ao mesmo propósito num estado ulterior. Estavam relacionados com um sistema nervoso simpático e involuntário. O homem via então os mundos internos, como no Período Lunar. As imagens se apresentavam completamente independentes de sua vontade. Na maioria dos homens esses centros são inativos, porém o desenvolvimento apropriado pô-los-á em movimento, na mesma direção em que giram os ponteiros de um relógio, como se explicou anteriormente. Esse é o detalhe difícil na clarividência positiva. O que aspira a verdadeira visão deve, antes de tudo dar provas de desinteresse, porque o clarividente idôneo não tem “dias livres” . Não é, de nenhum modo, negativo, depende dos reflexos que possam cair sobre ele em qualquer forma. Pode olhar a qualquer momento e ver os pensamentos e planos dos demais, sempre que dirija sua atenção especialmente para isto, e não em caso contrário. Os grandes perigos que trariam para a sociedade o uso indiscreto desse poder, se estivesse em mãos de qualquer indivíduo, são facilmente compreensíveis. Com ele pode se ler os mais secretos pensamentos. Portanto o Iniciado é obrigado pelo voto mais solene a não empregar jamais esse poder para servir seus interesses individuais, nem mesmo em grau mínimo, nem para salvar a si mesmo de qualquer dor ou tormento. Este Sol visível, ainda que seja o campo de evolução de inteligências muito superiores ao homem, não é, entretanto, de nenhuma maneira, o Pai dos outros planetas, como supõe a ciência. Ao contrário, ele mesmo é uma emanação do Sol Central, que é a fonte invisível de tudo o que existe em nosso Sistema Solar. Nosso Sol visível não é senão um espelho em que se refletem os raios de energia do Sol Espiritual. O Sol Real é tão invisível como o “homem real” Quando um planeta tem duas luas indica que há seres na onda de vida que esta evolucionando nesse planeta demasiado atrasados para poderem continuar na evolução da onda de vida principal, os quais tiveram de ser afastados do planeta para evitar que estorvassem o progresso dos adiantados. Tal foi o caso com os seres que habitam a nossa Lua. AS JERARQUIAS CRIADORAS A segunda interpretação da primeira sentença também nos da uma ideia completa de Deus, quando fala da “dupla energia” , indicando as fases positiva e negativa do Espírito Uno de Deus em manifestação. De acordo com os ensinamentos da Ciência Oculta, representa-se Deus com um Ser composto. Isto se acentua ainda mais nos versículos seguintes do capitulo.


REFERÊNCIAS
Trecho do Livro "Conceito Rosacruz do Cosmos" Fraternidade RosaCruz 
Publicada com permissão da Senhora Max Heindel e da Fraternidade Rosacruz, associação internacional de Cristãos Místicos com sede em Oceanside, Califórnia, Estados Unidos da América do Norte.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTE AQUI