Google+ Badge

domingo, 13 de março de 2016

13 DE MARÇO DE 2016 O DIA EM QUE OS CORRUPTOS FORAM PROTESTAR CONTRA A CORRUPÇÃO QUE ELES MESMOS PRATICARAM

Eu não posso ficar calado aqui e assistir passivamente um trio elétrico em Brasilia com os incorruptíveis e santos Silas Malafaia, Feliciano e Bolsonaro protestarem contra a corrupção e muito menos não posso deixar de ridícularizar a presença do Governador de São Paulo Geraldo Alckmin e do Senador Aécio Neves participando de protestos contra a corrupção sendo que eles estão envolvidos em inúmeros processos por corrupção e todo o povo brasileiro sabe sobre o escândalo do Metrô de São Paulo e da Merenda escolar e todo o povo brasileiro também sabe sobre as delações contra Aécio Neves.... é muita cara de pau desta gente participar destes protestos e fingir que não tem nada com isto...

Eles tem o controle da imprensa (REDE GLOBO) (RECORD) (SBT) ETC

O poder da população é uma força cega, absurda, irracional, jogada sem cessar da direita para a esquerda. Mas um cego não pode conduzir outro sem cair no precipício. 


[...] Procederemos da seguinte forma com a imprensa:


Seu papel é o de excitar e inflamar as paixões entre o povo [...] e o público está muito longe de poder imaginar quem é o primeiro beneficiário da imprensa. [...] 



Entre todos os jornais, haverá também quem nos atacará, mas como somos os fundadores desses jornais, seus ataques se dirigirão exclusivamente sobre os pontos que lhes teremos determinado com antecedência.

[...]

[...] Nenhuma informação será publicada sem antes ter recebido nossa aprovação. O que desde agora acontece, pois todas as notícias do mundo são reagrupadas somente em algumas agências.
Essas agências, estando sob nosso controle, só publicam o que aprovamos. [...]

[...] Nossos jornais serão de todas as tendências, aristocráticos, socialistas, republicanos, às vezes mesmo anarquistas, enquanto existir a constituição. [...]

[...] Esses idiotas que acreditarem que o texto de um jornal reflete sua própria Opinião 
 nada fazem, na realidade, a não ser repetir nossa opinião  ou aquela que desejamos ver exprimida.


Para ter domínio sobre a opinião pública, é preciso levá-los a certo nível de confusão. [...]

[...] A imprensa nos será uma boa ferramenta para oferecer aos homens tantas opiniões diferentes que eles perderão qualquer visão global e se perderão no labirinto das informações. [...]

[...] assim, eles chegarão à conclusão que o melhor é não ter opinião (política).



 Crises econômicas atingirão os Estados inimigos (BRASIL), subtraindo-lhes o dinheiro colocado em circulação. Acumulando grandes capitais privados que são assim subtraídos ao Estado; este último será obrigado a dirigir-se a nós para pedir empréstimo desses mesmos capitais. Esses empréstimos concedidos com juros serão uma carga para os Estados, que se tornarão escravos, sem vontade própria. Eles dirigir-se-ão aos nossos banqueiros para pedir-lhes esmola ao invés de exigir impostos do povo. Os empréstimos estrangeiros são como sanguessugas, não há nenhuma possibilidade de tirá-los do corpo do Estado, pois essas dívidas só poderão se desgarrar por si mesmas ou serem rejeitadas pelo Estado.


As dívidas de Estado tornarão os homens de Estado corruptíveis, o que os deixará cada vez mais à nossa mercê.


A TÉCNICA DE GOLPE DE ESTADO OU IMPEACHMENT



As operações de guerra psicológica implicam propaganda e divulgação, ou seja, campanha através da mídia, junto às diversas organizações estudantis, sindicatos, outros grupos profissionais e culturais, bem como junto aos partidos políticos, sem que a procedência das informações possa ser atribuída ao governo americano. Ela é efetivada, muitas vezes, por agentes da CIA, estacionados na Embaixada Americana como diplomatas, ou homens de negócios, estudantes ou aposentados, enquanto as operações paramilitares consistem na infiltração em áreas proibidas, sabotagem, guerra econômica, apoio aéreo e marítimo, financiamentos de candidatos nas eleições, suborno, assassinatos (executive actions) pela Division D, dentro do projeto conhecido como ZR/RIFLE[8], 


Eu não preciso explicar e muito menos citar mais nada aqui 

Rodrigo Veronezi Garcia Porto Alegre 13 de março de 2016
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTE AQUI