sábado, 11 de abril de 2015

ESTA PROVADA A EXISTÊNCIA DE VIDA INTELIGÊNTE EM OUTROS PLANETAS (ASSOCIANDO RELIGIÃO E CIÊNCIA)






O QUE DIZ A CIÊNCIA 

Não são de nós conhecidos todos os graus de transformações que precederam na Terra, até a aparição do primeiro homem.

Para o naturalista Darwin, todas as espécies provêm de uma evolução natural dos reinos. Para alguns, o homem seria um caso particular nascido de uma mutação feliz; para outros, o homem adâmico teria sido criado por Deus, e exclusivamente no nosso planeta.

Contudo, outra hipótese tem de ser encarada: o Homem seria uma espécie excepcional no Universo, quase divina, que povoaria os planetas realizando, desde o início dos tempos viagens intergalácticas, a medida que se sublimasse a sua evolução espiritual.

É, com efeito, permissível pensar-se, baseando-se nas mais antigas tradições , que os Terrenos foram várias vezes visitados por extraterrestres mais evoluídos que eles.

Os Terrenos, nos nossos dias apresentam caracteres muito diferentes – mas nunca fundamentalmente diferenciados – e podem ser divididos em homens brancos, vermelhos, amarelos, negros, tendo todos eles, em comum, uma natureza de mamíferos pensantes e dotados de raciocínio.

Nesta conformidade, pode-se adiantar que as raças são condicionadas pela natureza geológica, a latitude, o clima, a alimentação, etc. que derivam do gradiente magnético do lugar considerado.
Num país como a China, onde o solo irradia uma remanência magnética particular, os caracteres raciais, morfológicos e psíquicos aparecem mais depressa e mais nítidos do que em determinados países.

A influencia dessa remanência magnética do solo é tão evidente que ela condiciona tanto plantas como os animais e os homens.    


O HOMEM EXTRATERRESTRE

Que a Terra seja nos tempos atuais, um planeta privilegiado do sistema solar é um fato, mas seria absurdo estender este privilégio a todo o Cosmos.

Não se pode, em boa razão, supor que durante uma eternidade, antes de 5 a 10 bilhões de anos em que existe o nosso Globo, nada de importante se tenha passado no Universo, pelo menos no que respeita a vida do homem.

Não é proibido pensar que cada planeta possa produzir por si próprio uma humanidade que lhe seja própria  pelo processo evolutivo de experiências sugerido por Darwin.

A origem extraterrestre do homem é a probabilidade mais lógica, de acordo com as leis universais de evolução ou de hibridização e com o fenômeno das migrações humanas de planeta para planeta, certificado por todas as tradições.

A antiguidade do homem seria pois infinitamente longínqua na noite de bilhões de anos.

Houve um tempo em que as abelhas não sabiam fazer o mel?

Houve um tempo em que o homem não sabia pensar, construir, criar?

Da mesma maneira, temos o sentimento proveniente das profundas verdades do nosso eu desconhecido, de que nem tudo finda com a morte física do corpo.



O Dr. P. Morrinsson, do Instituto de Tecnologia Massachusetts, pensa que os seres vivos de outros planetas parecem muito mais conosco do que imaginamos.
O professor Harold Urey, prêmio Nobel de Química, afirma que tal como os elementos químicos que formam a base da vida, sendo os mesmos para todo o Cosmos, a própria vida tem de manifestar-se de maneira idêntica em todos os planetas regidos por condições físicas da mesma natureza.    

O QUE DIZ A RELIGIÃO MAIS ANTIGA DE NOSSO PLANETA

 Através do Srimad-Bhagavatam, compreendemos que existem vários oceanos. Em alguma parte, existe um oceano cheio de leite,(via-lactea) em outras partes, um oceano de bebida inebriante, um oceano de ghi, um oceano de óleo e um oceano de agua doce. Logo existem variedades de oceanos dentro deste Universo. Os cientistas modernos, que têm apenas experiência limitada, não podem refutar estas afirmações. Eles não conseguém dar-nos informações exatas sobre planeta algum, nem mesmo sobre o planeta em que vivemos. Entretanto, através deste verso, podemos compreender que, se os vales de algumas montanhas são banhados por leite, isto produz esmeraldas. Ninguém tem habilidade de imitar as atividades da natureza material da forma como são conduzidas pela Suprema Personalidade de Deus.

Os habitantes dos planetas superiores - os Siddhas, os Câranas, os Gandharvas, os Vidyadharas, as serpentes, os Kinnaras e as Apsaras - vão divertir-se naquela montanha. Por conseguinte, todas as cavernas da montanha estão repletas desses cidadãos dos planetas celestiais.

Assim como os homens comuns podem divertir-se no oceano salgado, os habitantes dos sistemas planetários superiores vão ao oceano de leite. Eles flutuam no oceano de leite e também praticam vários esportes dentro das cavernas da montanha Trikuta.

Nos sistemas Planetários superiores, não há apenas várias categorias de seres humanos, mas também existem animais, tais como leões e elefantes. Existem arvores, e a terra é feita de esmeraldas.

Os geólogos, os botânicos e outros que se dizem cientistas especulam sobre outros sistemas planetários, porém, sendo imcapazes de avaliar as variedades encontradas em outros planetas, falsamente imaginam que, com excessão deste, todos os planetas são vazios e desabitados e cheios de areia. Embora não possam sequer detectar as variedades que existem em todo Universo, eles orgulham-se muito de seu conhecimento, e pessoas de igual calibre aceitam-nos como eruditos.

Os lideres materialistas são glorificados por cães, porcos camelos e asnos, e eles prórpios são grandes animais. Ninguém deve satisfazer-se com o conhecimento transmitido por um grande animal.

A julgar pela exaustiva descrição dos lagos e rios da montanha Trikuta. na Terra não existe nada que se lhes compare. Em outros planetas, no entanto, existem muitas dessas maravilhas. Por exemplo sabe-se que existem dois milhões de diferentes especies de árvores mas nem todas elas são vistas na Terra. No Srimad-Bhagavatam encontra-se todo o conhecimento das atividades universais. Ele não apenas descreve este Universo, mas também leva em conta o mundo espiritual, situado além deste Universo. Ninguém pode questionar as descrições sobre os mundos material e espiritual contidas no Srimad Bhagavatam.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTE AQUI